sábado, 30 de dezembro de 2006

Tréguas assassinas

Governo acusa ETA de violar tréguas com atentado
O governo espanhol acusa o grupo separatista ETA de violar as tréguas acordadas, ao realizar um atentado, este sábado em Madrid, que provocou 19 feridos. O principal partido da oposição e as vítimas de terrorismo exigem que Zapatero rompa o cessar-fogo e dê uma «resposta contundente» ao atentado.


Quem será que tem mais culpa? A ETA ou os pacholas de sempre que acreditam em tréguas com organizações terroristas, assassinas, que já antes deram provas por demais de não respeitar o regime democrático nem tão-pouco a vida de inocentes.
Por que não tentarmos agora umas tréguas com a Al Qaeda? E com o Hezebollah que agora até se viraram para este cantinho ajardinado e dizem que estamos envolvidos na morte de ministro libanês...

2 comentários:

Sininho disse...

Será que não tiveram algum "espírito santo de orelha" por parte da nossa Ana Gomes?
Ela é que sabe de cabalas e perfídias e está sempre pronta a desmascará-las...

Pedro disse...

O problema é que o estado espanhol não lhe paga o que ela ganha aqui nas comissões parlamentares de inquérito. E também se lhe pagasse...