quarta-feira, 6 de junho de 2007

Patriot Act e os visionários da liberdade

A Uniting and Strengthening America by Providing Appropriate Tools Required to Intercept and Obstruct Terrorism Act of 2001 (Public Law 107-56), mais conhecida por Patriot Act (PA) não surgiu pela mera espontânea vontade de George W. Bush e seus apaniguados neocons. Para quem não se lembra houve o 11 de Setembro, posteriormente, o 11 de Março, o 7 de Julho e muitas outras matanças menos mediatizados mas não menos implacáveis.
Antes de o PA entrar em vigor houve, como seria de esperar, variadas críticas, análises e discussão entre republicanos, democratas e independentes das mais variadas tendências, contudo por fim apenas Russ Feingold votou contra.
No entanto, surgiu um visionário da liberdade, Ron Paul que vai fazer o milagre de colocar muitos liberais portugueses a repetir muitas ladainhas e palavras de ordem do Bloco de Esquerda, as quais eram até há bem pouco tempo objecto de crítica feroz e/ou de pura chacota. Há homens que fazem milagres...

2 comentários:

Sininho disse...

Visionários e candidatos são mais que muitos...
A Senhora Hilary anda um bocadito tensa...

Pedro disse...

Pois, cá para mim o Obama vai passar-lhe a perna. Ela aliás como favorável tem o nome, o efeito novidade por ser mulher e pouco mais.