quinta-feira, 3 de maio de 2007

Campanha anti-salazarista do Café da Insónia

O Salazarismo esconde-se onde menos esperamos! Nem a moda nem o futebol escapam. Quando oiço muitas referências aos salazares que se seguem vejo logo que estou perante uma campanha fassista!

Fica o leitor já avisado. Compre trapinhos da Fátima Lopes, Armani, Pierre Cardin e quejandos, nunca da Salazar!







Apesar de opositor à ditadura nacional, Abel Salazar não se livra do nome. E não houve tantos opositores que depois se tornaram fassistas depois de Abril? Mostra-me a Vera Lagoa que há em ti!




Este é o perigoso salazar não assumido. Fica-se pelos dois primeiros nomes a ver se nos engana! Às tantas até se diz liberal!

6 comentários:

Sininho disse...

Eu, embora também seja Ana, como verdadeira antifassista assumida, NUNCA compraria um trapinho que fosse a essa minha homónima!

Filipe Brás Almeida disse...

Tá fixe. O Toni do Benfica acho que também era António Oliveira.

Pedro disse...

Sininho
Não deves boicotar só a Ana, estás a brir brechas ao fassismo se poupas os outros.

Filipe
Bem observado. Eles são tantos que nos confundemk e alguns escapam.

Pequena Papoila disse...

Que grande trocadilho de um nome e apelido tão famoso da política portuguesa, com os nomes e apelidos de famosos de diversos ramos, da nossa praça! :))
Hum... comprar trapinhos da Fátima Lopes, Armani e Pierre Cardin, é ser capitalista/fassista! :D Quem me dera desfilar pelas passerelles da Boa Vida, vestidinha com tais trapinhos! ;) Mas que fútil e burguesa afinal, sou... só a pensar nesses trapos de alta-costura e de elevado preço, também! Tudo isto, apenas por pura vaidade e leviandade feminina; mas convenhamos que alguns destes trapinhos além de terem um cariz sensual (especialmente os da estilista Fátima Lopes), também são distintos e conferem um certo requinte a quem os usa!
:)

Pedro disse...

Nem por sombras, Áurea! Faça as suas comprinhas descansada pois até antidepressivo são. Haja saudinha e pilim!

Pequena Papoila disse...

Pois... saudinha (tenho dias... por vezes estou zen, outras estou mais 'deprê'), e pilim é que é uma chatice (pois existe muita falta dele, e o pior é que maioria também sente... essa falta), quanto ao resto, não existe nada melhor e mais confortável que uns bons pares de jeans e umas camisas ou umas t-shirts giras para me sentir super bem!