domingo, 17 de abril de 2011

Restará a vergonha?

Um país longínquo, que pouco ou nada alguma vez teve a ver com Portugal, tem na agenda política de suas eleições, em relação às quais não deveríamos ser tidos nem achados, o nome do nosso País, a propósito da concessão de um empréstimo . Portugal vai sendo assim arrastado na lama, levado por uma classe política desonesta e inconsequente. Seja qual for o resultado, é mais que óbvio que os Finlandeses apenas pensarão neles, é essa a obrigação deles. A nós resta a vergonha enquanto povo. Aos políticos e seus apaniguados nem isso resta, excepto umas contas na Suíça. Não digo o que eles mereciam por motivos óbvios uma vez que se vive na dita "democracia".

2 comentários:

V_ Leal disse...

parece q portugal levou a sério demais o "velha" e começa a capengar, o q é uma pena.

Pedro Félix disse...

Levou a sério quem ou quê, amiga? Acha que este bando de salafrários leva alguma coisa a sério a não ser a própria carteira? :)