segunda-feira, 18 de junho de 2007

Crónicas do activismo jornalístico pós-moderno


Director-adjunto do Jornal de Notícias, um dos jornais de maior tiragem a nível nacional, empunhando cartaz em manif contra a câmara do Porto, na antestreia da peça "Jesus Cristo Superstar" (13/06). Não é a toa a linha editorial que o JN tem assumido em relação à CMP e à concessão da gestão do Rivoli a La Féria.

6 comentários:

Sérgio Aires disse...

O que é que se podia esperar de um mocinho que na sua juventude (bem adiantada, uma espécie de adolescência retardada) era vocalista de uma coisa chamada "Cães Vadios"?

cristina ribeiro disse...

Cheira-me que seria um dos convidados crónicos dos anteriores inquilinos.

Sininho disse...

Peço desculpa, Pedro, falhei o post em que me retribuías os produtos hortícolas...
Já lá pus o comentário e o meu agradecimento.

Beijinho.

Pedro disse...

Sérgio
Entretanto o indivíduo deve ter progredido e passou a ter "dono"...

Cristina
Eu também acho que sim, duvido é que fosse na plebeia plateia... (até rimei, puxa!)

Sininho
Cuidado com a hortaliça! Com tanta fome no mundo e tu já te esquecias dos tomates!

JÚLIO SILVA CUNHA disse...

O site da CMP tb ajudou à festa! O que pareceu pouco isento...

Pedro disse...

É verdade, Júlio, e eu na altura também falei no assunto. A diferença é que um jornal tem um meio privilegiado de delatar e criticar essa postura do site da câmara, o qual creio que não será empunhando cartazes em manifestações - embora o senhor em questão esteja em seu pleno direito enqunto cidadão, que é o mesmo direito que nós temos de constatarmos o nível baixo de crítica a que o JN chegou e o compararmos com este tipo de activismo.